Sobre a saúde do idoso

10 de Setembro – Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

WhatsApp Image 2020-09-01 at 17.03.46

Muito se tem ouvido atualmente sobre a problemática do suicídio, inclusive na velhice. Percebemos que a nossa cultura ainda vê o idoso de forma pejorativa, baseada na produtividade e na supervalorização da beleza. Esse pensamento social revela uma conotação negativa acerca do envelhecimento, reforça a desvalorização do ser humano idoso, fazendo que ele se sinta desvalorizado, desprestigiado, ocasionando comportamento de autodestruição.

É um assunto quase sempre evitado pela ideia errônea de que não falando do assunto evita-se a prática. Estudos afirmam que o tema entrou em pauta nas pesquisas brasileiras só a partir de 2010.

Existem alguns fatores importantes apontados pela literatura que levam os idosos a terem um comportamento suicida:

- A crença que a vida é e será mais dolorosa e solitária, o tédio, o isolamento social, as doenças crônicas, o estigma sobre a velhice.

- A depressão, transtornos mentais graves, alcoolismo e relações familiares fragilizadas.

- Doenças graves e degenerativas, dependência física, distúrbios e sofrimentos psicológicos.

- A dificuldade financeira e a falta de assistência adequada para a saúde.

Estes e outros fatores podem gerar profunda insatisfação do sujeito, culminando em conflitos que o transforma em um sentimento de fragilidade, inadequação para com a vida e o leva a desistência dela.

É necessário ressignificar o prolongamento da vida, suas atividades, percepções e sentimentos, para que o envelhecer seja “viver”, seja prazer, mesmo com as limitações e continuidade dos problemas naturais.

Vale ressaltar a necessidade de investir na transformação cultural, viabilizando uma rede de apoio social, formada por equipes multidisciplinares para lidar com os processos de envelhecimento, para aprender a abordar e manejar pessoas de comportamento suicida. Precisamos urgente do cuidado mais humanizado e integral.

 

Neide Azevedo Dezen de Queiroz,

Psicóloga – CRP.06/73593

Especialista em Envelhecimento