Sobre a saúde do idoso

Informações sobre o Câncer Bucal

Câncer é uma doença maligna, que possui mais de cem diferentes formas, em todas ocorre o crescimento desordenado de células que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se para outras regiões do corpo causando a metástase. O câncer bucal pode atingir toda a boca, desde os lábios até a garganta e é mais frequente nos homens do que nas mulheres.

Segundo estatística do Instituto Nacional de câncer estimam-se, para o Brasil, no ano de 2016, 11.140 casos novos de câncer oral em homens e 4.350 em mulheres. Tais valores correspondem a um risco de 11,27 casos novos a cada 100 mil homens e 4,21 a cada 100mil mulheres.

Os principais fatores que podem levar ao aparecimento de câncer bucal são: idade superior a 40 anos, vicio de fumar cachimbos e cigarros, consumo excessivo de álcool , má higiene bucal, uso de próteses mal adaptadas, exposição excessiva ao sol ( câncer de lábio), sendo que o fator de aumento do risco de desenvolver a doença é associação do fumo com o álcool.

Para o tratamento do câncer bucal o procedimento cirúrgico é inevitável, para remoção de toda a lesão, e consequentemente o paciente será submetido à radioterapia e/ou quimioterapia.

Devemos prestar atenção quando ocorrer algumas destas alterações:

- feridas nos lábios, gengivas ou no interior da boca,que no inicio não doem, tem crescimento continuo e que não cicatrizam em 21 dias.

- Áreas ou manchas branca, vermelhas ou pretas.

- Aumento de volume ( caroços, bolinhas,inchaços)

O estágio avançado da doença caracteriza pela dificuldade para falar, mastigar e engolir, além de no Brasil, metade dos casos de câncer bucal serem diagnosticadas tardiamente, portanto a melhor maneira de reverter essa situação é a informação e o autoexame.

- Certifique-se de que não há endurecimento ou ferida na parte interna e externa dos lábios

- Veja se há alguma mancha ou sinal que você nunca tivesse visto antes

- Abra bem a boca e afaste as bochechas dos dois lados.

- Apalpe toda sua gengiva com a ponta dos dedos, em cima e embaixo.

- Coloque a língua no palato ( céu da boca) e com o dedo indicador apalpe o assoalho ( região

- Coloque a língua para fora e a examine como um todo.

Caso encontre alguma alteração, procure imediatamente um cirurgião dentista ou médico,

pois o câncer bucal tem cura quando descoberto no início.

 

Dra. Chimeny da Silveira Curti Azzuz

CROSP 87589